Teste: Hyundai HB20 é o novo hatch 1.0 aspirado mais econômico do Brasil

Hatch surpreende em consumo de combustível usando motorização mais pé no chão, que também é a responsável por mais de 70% das vendas

HB20

O roteiro é comum: o jovem recém-alçado à maioridade que passou no vestibular e ganhou dos pais seu primeiro carro zero, um Hyundai HB20.

Desde a mais recente atualização do modelo, há mais de 70% de chances que esse estudante seja presenteado com a configuração 1.0 aspirada, que tem preços mais acessíveis, pacote mais pé no chão e, por isso mesmo, é disparado a que mais vende.

HB20

Testamos em primeira mão o HB20 Evolution, versão que sozinha responde por 12% dos emplacamentos.

Por R$ 53.790 (mais R$ 950 pela pintura metálica), ela traz um pacote interessante: ESP com assistente de rampas, rodas de liga leve, painel de instrumentos e ar-condicionado com telas digitais, central multimídia de 8 polegadas, direção com ajuste de altura e vidros elétricos um toque e antiesmagamento.

HB20

O acabamento de tecido é simples, mas há faixa de couro sintético macia ao toque no miolo da guarnição das portas dianteiras, além de detalhes de cromo acetinado nas maçanetas internas, painel e console.

O motor é o velho conhecido 1.0 Kappa três-cilindros flex, assim como o câmbio manual de cinco marchas, mas o conjunto foi aprimorado.

hb20

Relação de diferencial levemente encurtada; novos anéis de sincronização e garfo seletor, para redução de atrito; adoção de carcaça de transmissão mais leve; substituição da direção hidráulica pela elétrica; aposentadoria do tanquinho de partida a frio.

São mudanças sutis, mas que ajudaram o HB20 1.0 a evoluir de 12,8 para 15 km/l no ciclo de consumo urbano com gasolina, e de 17,2 para 17,8 km/l na simulação rodoviária em nossa pista de testes.

HB20

Com giros mais contidos, o novo HB20 1.0 aspirado agora roda a 100 km/h registrando 3.250 rpm, contra 3.500 rpm do antecessor.

Seus dados de consumo urbano superam os de Chevrolet Joy (11,8 km/l), VW Up! (13,5 km/l), VW Polo MPI (12,8 km/l) e Fiat Argo 1.0 (14,6 km/l).

HB20

Não à toa, o novo HB20 se tornou o compacto 1.0 aspirado mais econômico em nosso ranking de testes entre modelos atualmente à venda como zero-quilômetro.

Na estrada, ele só perde para o Joy (18,1) e quase empata com o Up! (17,9). E o 0 a 100 km/h é honesto para um 1.0 aspirado.

HB20

Mas atenção: seus níveis de vibração e ruído do motor são piores que os de Polo e Chevrolet Onix. E o câmbio, embora preciso, tem engates longos e um bocado duros.

Veredito

O novo HB20 Evolution tem pacote digno e é econômico em nível até surpreendente. Uma boa opção de “primeiro carro”.